Você sabia que dores de cabeça constantes podem estar relacionadas a uma disfunção no seu maxilar?

A disfunção temporomandibular (DTM) é uma alteração funcional na estrutura que liga a mandíbula ao crânio. Essa estrutura é conhecida como Articulação Temporomandibular (ATM), e sua disfunção atinge grande parte da população. A ATM é formada por tecidos ósseos, disco articular, músculos, ligamentos e capsula articular e é responsável pelos movimentos da mandíbula. Colocando os dedos indicadores na face à frente dos ouvidos e ao fazer o movimento de abrir e fechar a boca é possível localizar a ATM. Sentir dor ao toque, estalos, limitação na abertura da boca, incômodo ao comer algo são indicativos de DTM, pois esta compromete a função mastigatória, a deglutição e a fala, além de gerar dores de cabeça.

Quais são os sintomas?

Os principais sintomas da disfunção temporomandibular são ruídos articulares, como estalido e crepitações, desvios mandibulares na abertura e fechamento da boca, cansaço dos músculos que abrem e fecham a boca, dor no ouvido (incluindo diminuição da audição ou zumbido), na cabeça, na face e no pescoço, rangimento dos dentes durante o dia e/ou a noite, limitação para a abertura da boca e desgastes dentais.

O que causa a DTM?

A DTM é multifatorial, não tem apenas uma causa específica, entre algumas das suas motivações estão: estresse emocional, postura inadequada, hábitos parafuncionais como o bruxismo (ato de ranger os dentes friccionando os superiores contra os inferiores durante o dia ou à noite involuntariamente), o apertamento dental, mascar chiclete, roer unha, e  pode ser causada também por doenças degenerativas infecciosas, como osteoartrite, osteoartrose e artrite reumatoide.

Existe tratamento?

Quando a causa da DTM é de origem oclusal, as formas de tratamento são a ortodontia, a cirurgia ortognática e reabilitação oclusais extensas.

Contudo, quando a causa é de origem psicológica é importante o controle do estresse emocional e realizar terapias de suporte. A principal forma terapêutica é a instalação da placa miorrelaxante. O que ajuda a diminuir a hipersensibilidade muscular, estabiliza a mandíbula e descomprime a articulação tempromandibular (ATM).

O maior problema é quando a disfunção está ligada a alteração das estruturas da ATM, pois os procedimentos cirúrgicos podem ser a única opção de tratamento. Alguns desses procedimentos são: a artrocentese, a artroscopia e a cirurgia de reparação da articulação.

Outras técnicas também podem ser utilizadas para diminuir a dor, como por exemplo:

  • Aplicação de Laser.
  • Farmacoterapia.
  • Aplicar compressas frias ou quentes na mandíbula.
  • Comer alimentos fáceis de mastigar.
  • Evitar hábitos parafuncionais.
  • Aprender exercícios de relaxamento para avaliar a tensão dos músculos.

Dicas

A pratica de exercícios físicos ajuda aliviar a tensão. Massagem corporal, Yoga e acupuntura são boas técnicas auxiliares. Evitar a auto medicação, enquanto não puder comparecer a uma consulta.

Se você suspeita que é portador de DTM ou outra condição de Dor Orofacial, marque uma avaliação. Ana Karina Motta é especialista em DTM: clique aqui.




Blog da Clínica Meu Sorriso

Saiba mais sobre cuidados com a saúde da sua boca

Borrachinhas coloridas no aparelho ortodôntico: ainda são usadas?

Quem já fez uso do aparelho fixo convencional com certeza se lembra das borrachinhas coloridas. Tinha sempre a …

leia mais

Qual o melhor tipo de aparelho ortodôntico?

O sorriso metálico não é a única opção para quem precisa de um aparelho ortodôntico. Com o desenvolvimento …

leia mais

O sorriso perfeito na era digital

“Olhe para a câmera, sorria e diga X…” Todo mundo já ouviu a famosa frase acima na hora …

leia mais